Portal Novos Tempos                                     

Home Política GOVERNADOR W. Dias fala que mensagens era "Jogo político"

GOVERNADOR W. Dias fala que mensagens era "Jogo político"

E-mail Imprimir PDF

A imagem pode conter: 1 pessoa

O governador WELLINGTON DIAS (PT), disse que as conversas divulgadas no domingo, 9 de junho, pelo site The Intercept, envolvendo o ministro SÉRGIO MORO e procuradores da Lava Jato, são graves, pois não representam apenas o ex-presidente LULA, mas representam também a “democracia”.

Em publicação no Twitter na segunda-feira, 10 de junho, o governador WELLINGTON DIAS afirmou que houve um “jogo político” e uma “disputa pelo poder” para impedir que o ex-presidente LULA fosse candidato nas eleições presidenciais de 2018.

“As conversas divulgadas ontem, pelo Interceptor, não são graves apenas pelo que representam ao líder LULA, mas o que representam para a nossa democracia. A nossa democracia, construída a duras penas, sofre com esse tipo de manipulação. As conversas revelam que houve um jogo político, uma disputa do poder pelo poder que se utilizou de instituições democráticas para alcançarem um objetivo. E que objetivo? Impedir que o LULA fosse candidato nas últimas eleições ou até mesmo de conceder entrevistas no período eleitoral. Eu insisto: a verdade sempre vence!” disse.

O governador WELLINGTON DIAS afirmou que acredita que o Congresso Nacional e os líderes políticos irão tomar providências a fim de que casos como esse “não se repita” e que as ações feitas “injustamente” possam ser corrigidas.

“Acredito que o Congresso Nacional e os líderes políticos devem tomar providências para que isso não se repita e que se possa corrigir as ações feitas injustamente. A democracia brasileira deve ser restituída e vamos lutar para isso!”, tuitou Dias.

Adauto Ferreira - Portal Novos Tempos - Foto: Divulgação

Última atualização em Qua, 12 de Junho de 2019 06:41