Portal Novos Tempos                                     

Home Política JUÍZ nega aos advogados de Lula acesso a acordo de leniência

JUÍZ nega aos advogados de Lula acesso a acordo de leniência

E-mail Imprimir PDF

A imagem pode conter: Guido Costa

Enquanto a defesa do ex-presidente Lula, em meio aos escândalos de vazamentos de conversas entre Sérgio Moro e procuradores, luta para reverter sua condenação no caso do triplex do Guarujá, a operação Lava Jato segue impondo mais reveses ao petista em outros processos. Nesta quarta-feira (3), o juiz Luiz Antonio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba, negou aos advogados de Lula acesso ao acordo de leniência da Odebrecht com o Ministério Público Federal (MPF).

Prestes ser sentenciado, o petista, através de sua defesa, ainda não teve acesso ao acordo de leniência da Odebrecht no processo da Lava Jato em que é acusado de receber um imóvel no valor de R$12,5 milhões em São Bernardo do Campo como forma de propina da empreiteira. De acordo com o MPF, o imóvel supostamente doado pela construtora seria utilizado como sede do Instituto Lula.

Bonat, no entanto, desrespeitou uma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, que autorizou a defesa de Lula a ter acesso a íntegra do acordo de leniência que integra o processo. O magistrado, na decisão proferida neste quarta-feira, informou que aguardará manifestações do MPF e e da Odebrecht para determinar que trechos do acordo os advogados do ex-presidente poderão acessar.

Portal Novos Tempos - Texto: G1.com - Foto: Ricardo Stuckert

Última atualização em Qui, 04 de Julho de 2019 03:07