Portal Novos Tempos                                     

Home Política PREFEITO Firmino Filho cobra do Governo conclusão do Centro de Convenções

PREFEITO Firmino Filho cobra do Governo conclusão do Centro de Convenções

E-mail Imprimir PDF

Resultado de imagem para Firmino Filho

O prefeito Firmino Filho (PSDB) cobrou nesta quarta-feira (24) do governo do estado a conclusão da obra do Centro de Convenções.

A reforma se arrasta desde 2009, e enfrenta problemas técnicos e jurídicos com a construtora que ganhou a licitação. Há sete meses, a obra voltou a ficar parada para que o governo inicie o processo de PPP (Parceria Público,Privado). 

Firmino Filho reclamou da obra durante reunião com o ministro do Turismo interino Daniel Napomuceno, que visita o Piauí. 

Segundo Firmino, é preciso haver maior parceria entre o Governo do Estado e a prefeitura para alocação de recursos.

Até agora foram investidos R$ 25 milhões, cerca de R$ 5 milhões do governo federal. 

"Temos resultados expressivos. Realizamos um plano diretor que vem sendo monitorado e fizemos várias ações junto com o ministério e entendemos que temos que intensificar ações.  Precisamos de obras que precisam deslanchar como a conclusão do Centro de Convenções. No passado, o governo do estado conseguiu recursos para a obra e infelizmente a burocracia fez que os recursos fossem perdidos. Hoje permanece em aberto e prejudica o turismo de negócio da cidade. Precisamos de um entendimento entre o governo do Estado e a prefeitura para captar recursos. Não sabemos nem seque se há projeto por parte do governo do Estado", afirmou.

"Temos obras como o Lagoa do Norte. No final.o Polo Cerâmico será um grande atrativo. Temos obras de intervenção para o Centro. Hoje a Ponte estaiada é o principal ponto de Turismo. Mas de 50 mil pessoas visitaram o local", destacou. 

Regularização Fundiária 

O prefeito Firmino Filho  ( PSDB) busca o apoio da base aliada para aprovar projetos de interesse do prefeito na volta dos trabalhos parlamentares da Casa. O prefeito tem a maioria na Câmara, mas enfrenta a oposição do presidente, vereador Jeová Alencar, que vai se filiar ao MDB. 

Firmino afirma que conversa com os aliados  para sensibilizá-los para a aprovação de matérias como mudanças na lei de Regularização Fundiária da cidade. 

"Temos uma lei muito importante de regularização fundiária que encontra-se em tramitação na Câmara. Esperamos que a Câmara possa aprovar em agosto para destravar esse processo em 12 comunidades de Teresina. Temos um debate importante do Plano Diretor de Organização Territorial de Teresina. Nossa capital passou nos últimos anos por um crescimento muito grande e isso afetou nosso estilo de vida. Com o plano diretor teremos uma cidade mais organizada, mais humana e mais gostosa de se viver. São dois grandes debates que pedimos ajuda da nossa base aliada para aprovar. O mais urgente é a regularização fundiária. Nossa base tem sido muito compreensiva com relação às necessidades de Teresina", declarou.

Firmino fala dos prejuízos para a cidade devido a falta de regularização fundiária.

"Sem regularização fundiária há muita informalidade. As famílias não têm o devido registro do imóvel. As vezes tem o título de posse ou um contrato de gaveta mas não tem o registro no cartório. Queremos chegar em várias comunidades até o final que é o cartório. É preciso ter uma lei municipal que esteja em sintonia com a mudança que ocorreu na lei federal no governo do presidente Michel Temer", afirmou.

Flash Lídia Brito

redacao@cidadeverde.com

 
Última atualização em Qua, 24 de Julho de 2019 10:35