UNIVERSIDADE Estadual do Piauí parabeniza pelo Dia do Servidor Público

Resultado de imagem para uespi

No dia do Servidor Público, a Universidade Estadual do Piauí agradece e parabeniza seus quase 1.700 servidores efetivos que, através de variadas funções, contribuem para o bom funcionamento da universidade, fortalecendo seus pilares (ensino, pesquisa e extensão) e contribuindo para a mudança de muitas vidas. A UESPI atenta para a importância de todos aqueles que compõem a instituição, e neste dia, o servidor público uespiano.

Mas o que é ser servidor público? Esta categoria engloba aqueles que trabalham para a administração pública, servindo a população. Sendo assim, todos os servidores são de fundamental importância para o atendimento de necessidades essenciais da sociedade, como saúde, educação e segurança. Atualmente, a UESPI conta, em números exatos, com 1.668 servidores efetivos, dentre eles professores, técnicos e servidores à disposição.

Antes mesmo da UESPI ter a sua aula inaugural, em 28 de julho de 1986, e tornar-se uma instituição de ensino superior consolidada no Estado, ela já contava com alguns servidores que seguem prestando seus serviços dentro da IES até os dias atuais, como é o caso de Sônia Maria da Conceição Andrade, Carlota Neta Soares e Maria de Fátima Veras.

Sônia Andrade, mais conhecida como “Tia Sônia”, chegou na UESPI quando tinha apenas 24 anos, em 19 de novembro de 1981. No auge dos seus 62 anos de idade, ela diz estar apta para trabalhar todos os dias e que não passa por sua cabeça se aposentar, pois pretende trabalhar na instituição por pelo menos mais dez anos. “Quando comecei a trabalhar na atual UESPI, aqui era um Centro de Recursos Humanos. E foi neste Centro que minha história de amor pela instituição teve início. Eu amo trabalhar nesse lugar. A UESPI é tudo para a minha vida”, diz.

Mãe de três filhos e com cinco netos, Tia Sônia diz que eles são a motivação para que ela esteja feliz todos os dias e continue trabalhando. “Todos eles estão muito bem encaminhados na vida, são cidadãos. Isso passa muito por todos esses anos de dedicação à UESPI. Foi trabalhando aqui que consegui ajudá-los e cuidar da nossa casinha’, pontua.

“Tia Sônia” está na UESPI desde 1981

Questionada a respeito do que a mantém na UESPI por todos esses anos e porque não pensa em se aposentar, ela diz que sua alegria é acordar cedo, tomar café e pegar sua bicicleta para ir à UESPI todos os dias. “Aqui é a minha segunda casa, é onde eu construí a minha segunda família. Eu trabalho com pessoas que respeito bastante e eu percebo que é recíproco. Criei um vínculo muito grande com essas pessoas que fazem parte da UESPI”, explica.

Tia Sônia diz ter orgulho de ser zeladora da UESPI e que ela e a instituição são um exemplo de casamento que deu certo. “Eu amo fazer café e servir as pessoas. Quando eu as sirvo, o sorriso delas vem de encontro ao meu. É prazeroso você servir um café ou uma água para uma pessoa e ela abre um sorriso, lhe dá u

Avatar

Por Adauto Ferreira

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado.

E-mail: adautoferreira1958@hotmail.com