O CENTRÃO, por tudo que se ouve, já começa a fazer contas na Câmara

 O CENTRÃO, por tudo que se ouve, já começa a fazer contas na Câmara

Principal fiador de Jair Bolsonaro, o presidente da Câmara, Arthur Lira, a quem cabe abrir os processos de impeachment contra o chefe do Planalto, chegou na noite desta terça em Brasília e já convocou ministros indicados pelo centrão ao governo para uma reunião de crise.

A deterioração política das relações entre o Executivo e o Judiciário jogou todo o peso dos próximos movimentos em Brasília para o Legislativo. Lira buscou compartilhar essa carga com os aliados do Parlamento para decidir como seguir. Até aqui, Lira foi moderador, sempre tentando pacificar as brigas.

Em outra frente, Valdemar Costa Neto também chamou a bancada do partido para avaliar nesta quarta a situação, depois das ameaças golpistas realizadas pelo presidente no feriado.

Os partidos do centrão estão com Bolsonaro, mas já estiveram em todos os demais governos que passaram. É hora de fazer contas. “O cheiro de queimado começou a subir”, diz um interlocutor do centrão ao Radar.

Portal Novos Tempos – Fonte: veja.abril.com.br

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

E-mail: adautoferreira1958@hotmail.com