MENDONÇA teve apenas 6 votos a mais do que o necessário; menor aprovação no Senado entre atuais ministros do STF

 MENDONÇA teve apenas 6 votos a mais do que o necessário; menor aprovação no Senado entre atuais ministros do STF

André Mendonça teve o nome aprovado no plenário do Senado Federal na quarta-feira (1º) ao Supremo Tribunal Federal (STF). Indicado por Jair Bolsonaro, Mendonça é a 29ª indicação ao STF desde a redemocratização do país — todas aprovadas pelo Senado —, mas tem a menor aprovação na Casa entre os atuais ministros do Supremo.

No plenário do Senado, onde eram necessários ao menos 41 votos favoráveis dos 81 senadores, o nome do ex-ministro da Justiça e ex-advogado-geral da União foi aprovado por 47 votos a 32. Eram 79 parlamentares no quorum de votação.

Já na sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal, que durou cerca de 8 horas nesta quarta, Mendonça foi aprovado por 18 votos a 9. Entre os 10 atuais ministros do STF, no entanto, apenas Gilmar Mendes recebeu menos votos na CCJ do que Mendonça. Na ocasião, Gilmar foi aprovado por 16 votos a 6.

Relembre as indicações anteriores, os resultados na Comissão de Constituição e Justiça e a votação de cada um dos dez ministros no plenário do Senado.

Kassio Nunes Marques
Antes de Mendonça, indicado por Jair Bolsonaro, quem passou pelo escrutínio foi Kassio Nunes Marques, a primeira indicação do atual presidente da república para o STF.

Indicado em setembro de 2020 para ocupar a vaga de Celso de Mello, Marques foi sabatinado em 21 de outubro de 2020 na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Ele foi aprovado por 22 votos a cinco.

Marques foi desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região antes de ser eleito ministro do STF aos 48 anos. ele assumiu uma vaga no TRF-1 em 2011, por indicação da então presidente Dilma Rousseff.

No plenário do Senado foram 57 votos favoráveis, 10 contrários e 1 abstenção.

Portal Novos Tempos – Fonte: CNN

Avatar

adauto Ferreira

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado.

E-mail: adautoferreira1958@hotmail.com