PREFEITO de Marcolândia está sendo acusado de distribuir merenda escolar imprópria para o consumo

 PREFEITO de Marcolândia está sendo acusado de distribuir merenda escolar imprópria para o consumo

O prefeito de Marcolândia, Corinto Matos (Progressistas) está sendo acusado por pais de alunos de distribuir merenda escolar imprópria para o consumo humano, no período do Natal. Circula nas redes sociais com maior alcance no seu município, vídeos em que pais de alunos da rede de ensino de Marcolândia, estão a reclamar do prefeito pelo gesto considerado desumano e desrespeitoso.

Para quem não sabe, Marcolândia que abriga parques eólicos, possui boa arrecadação de ICMS com origem na produção de energia. Marcolândia, como mostram os registros oficiais, é o quarto município da região quando o assunto é arrecadação de ICMS com origem na produção da energia renovável. O primeiro é Simões. O segundo é Curral Novo do Piauí. O terceiro è Caldeirão Grande do Piauí.

Para que você passa ter uma ideia melhor da arrecadação de Marcolândia, com origem no ICMS da energia limpa, na terça-feira, 7 de dezembro de 2021, Marcolândia recebeu R$ R$ 47.155,01 (Quarenta e sete mil, cento e cinquenta e cinco reais, e um centavo). Toda terça-feira entra nos cofres da Prefeitura de Marcolândia o dinheiro do ICMS. E tem terça que o valor é mais que R$ 47.000,00 reais.

As acusações que vêm sendo feitas pelos pais de alunos que estudam nas escolas da rede municipal de ensino de Marcolândia, contra o prefeito de Marcolândia, são graves. Enganam-se os que pensam que não são graves. Muito grave!

Portal Novos Tempos  – Vídeos: voluntários

Avatar

adauto Ferreira

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado.

E-mail: adautoferreira1958@hotmail.com