ATUAÇÃO preventiva da CGE promove economia de cerca de R$ 500 milhões e amplia serviços

 ATUAÇÃO preventiva da CGE promove economia de cerca de R$ 500 milhões e amplia serviços

Real,dinheiro, moeda

A atuação preventiva do controle interno do Poder Executivo estadual tem alcançado resultados cada vez melhores, com o propósito de garantir eficiência, efetividade e eficácia na gestão pública. Um levantamento preliminar realizado até novembro deste ano, mostra uma economia de cerca de R$ 500 milhões aos cofres públicos. Em 2020, o valor alcançado foi de aproximadamente, R$ 386 milhões.

De acordo com o controlador-geral do Estado, Márcio Rodrigo Souza, a Controladoria Geral do Estado (CGE) desenvolve um trabalho preventivo e pedagógico junto aos órgãos, buscando sempre a maximização na utilização dos recursos disponíveis para ampliar a quantidade e qualidade dos serviços públicos prestados aos piauienses.

“Nos últimos anos isso tem evoluído de uma maneira muito positiva, acarretando, em 2021, em um ganho de eficiência econômica, diretamente ligado ao trabalho dos auditores governamentais de mais de R$ 500 milhões, num universo de pouco mais de R$ 6 bilhões analisados. A atuação da Controladoria conseguiu economizar aos cofres públicos, fazendo contratações mais eficientes, aproximadamente 8% daquilo que foi analisado”, destacou.

O gestor cita ainda exemplos de serviços importantes que foram impactados com o trabalho da Controladoria. “Na área da segurança, houve uma ampliação de 25% na oferta de viaturas da Polícia Militar para atender a população no policiamento ostensivo. O contrato vigente alcançava cerca de 200 viaturas com valor pago anualmente e após atuação preventiva, se conseguiu refazer o contrato, renegociar preços e ampliar oferta de viaturas para aproximadamente 250, com o mesmo valor que vinha sendo gasto. Isso é resultado do trabalho preventivo que a Controladoria desenvolve e reflete no ganho para a sociedade com mais serviços públicos”, destacou.

Outro importante resultado foi obtido na área de obras. Com a padronização de preços licitados de pavimentação em paralelepípedo, alcançou-se uma eficiência de 30% a partir do reajuste do valor do metro quadrado. Isso significa que para o mesmo valor aplicado em 2020, o Estado poderia aumentar, aproximadamente, 113 Km em pavimentação de ruas em 2021.

“Também tivemos outras ações importantes, a exemplo do ganho de quase 70% a mais na oferta de chips para os estudantes da escola pública. Um valor que antes estava previsto ser gasto R$ 19,90 por chip, após essa articulação, essa auditoria preventiva da Controladoria, se conseguiu um valor em torno de R$ 11 por chip!”.

Márcio Rodrigo Souza destaca ainda ganhos no setor da agricultura familiar, da assistência social e da saúde. “Na área da agricultura familiar houve a ampliação da quantidade de kits adquiridos em 23%, o que corresponde a 1.739 kits a mais, resultando em um maior número de famílias atendidas. Também citamos o exemplo da área da assistência social, com a possibilidade de aumentar em 30% a quantidade de cestas básicas ofertadas à população; e a ampliação em 10% na aquisição de testes rápidos da Covid-19. Esse é o tipo de recurso que volta para a sociedade em forma de mais serviços”, finalizou.

Portal Novos Tempos – Fonte: CCOM

Avatar

adauto Ferreira

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado.

E-mail: adautoferreira1958@hotmail.com