SUPREMO Tribunal Federal forma maioria; Daniel Silveira poderá ser condenado

 SUPREMO Tribunal Federal forma maioria; Daniel Silveira poderá ser condenado

Depois de muito barulho e energia gasta com o bolsonarista Daniel Silveira — aquele deputado que foi preso por ameaçar ministros do STF e defender um novo golpe militar –, o Supremo vai julgar nesta semana se condena ou não o parlamentar.

Silveira virou réu no Supremo no ano passado, por decisão unânime dos ministros. De lá para cá, a composição da Corte mudou. Último indicado por Jair Bolsonaro ao tribunal, o ministro André Mendonça passou a ser visto como um potencial “salvador” de Silveira na Corte.

Na narrativa compartilhada até por bolsonaristas, ele pediria vista para paralisar o julgamento e permitir que o deputado disputasse as eleições sem responder por seus atos contra o próprio STF e a democracia.

No STF, porém, a leitura é de que Mendonça jamais colocaria sua biografia em jogo para beneficiar um réu que atacou o STF.

Os ministros do Supremo são conhecidos por seus desentendimentos, mas sempre deixam esses assuntos de lado quando é a instituição que está em jogo. No caso em questão, dificilmente um ministro ficará contra todos os demais colegas que votarão para condenar o deputado que ameaçou o Supremo.

Na Corte, a expectativa é de que Alexandre de Moraes, o ministro que prendeu Silveira, apresente um duro voto pela condenação do deputado. Revisor do tema, o ministro Nunes Marques poderá apresentar voto com uma solução menos contundente. Aí o jogo ficará por conta dos demais magistrados. Silveira dificilmente terá o que comemorar nesta semana.

Portal Novos Tempos – Fonte: veja abril.com.br

Avatar

adauto Ferreira

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado.

E-mail: adautoferreira1958@hotmail.com