16 de junho de 2024

INFELIZMENTE, um 7 de setembro diferente de tantos que já vivemos no Brasil

 INFELIZMENTE, um 7 de setembro diferente de tantos que já vivemos no Brasil

Com tristeza, vivemos um 7 de setembro muito diferente dos que já vimos no Brasil! Brasil que contabiliza hoje, segunda-feira, 7 de setembro de 2020, 126.650 mortes por coronavirus e que está há 100 dias sem Ministro da Saúde, enfim, um Brasil em que somos surpreendidos quando vamos as compras devido a usura dos grandes. No se justifica Paulo Guedes, diga-se de passagem, que vinha pondo o Brasil no rumo, nove foras a pandemia do Covid-19 e esperteza de alguns.

É hora de socorrer o Brasil, o seu povo, não com mais auxílio emergencial, mas com decisões justas e que tenham por objetivo conter as altas abusivas dos preços nos supermercados! Não se concebe, ministro Paulo Guedes, senhores senadores e senhores deputados, que em fevereiro, antes do auxílio emergencial, se comprava uma lata de óleo na região Nordeste por R$ 3,45 e hoje, este mesmo produto ser adquirido por R$ 5,75 no mesmo supermercado!

Que assuma Ministro Guedes o controle da nossa economia! Quem sofre mais hoje é aquela pessoa que, mesmo fazendo jus ao auxílio emergencial, não conseguiu receber! Essas pessoas estão sofrendo muito, em especial, quando auxiliadas por seus familiares na hora de irem aos supermercados comprar o básico! Os preços nas alturas e sem perspectivas de controle! Paciência senhores senadores e senhores deputados! Um filho do Brasil, como eu, não foge a luta!

Adauto Ferreira – Portal Novos Tempos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

E-mail: adautoferreira1958@hotmail.com