20 de julho de 2024

MENSAGEM para o advogado, ex-procurador do estado do Piauí, Antônio Ribeiro Neto

 MENSAGEM para o advogado, ex-procurador do estado do Piauí, Antônio Ribeiro Neto

Estimados amigos.

Hoje se despede da vida para assomar ao Reino dos Céus, coberto de Glórias, o Procurador do Estado do Piauí, Antônio Ribeiro Neto.

Conheci Neto, de quem o tempo e o exemplo me fizeram amigo, pelas mãos de meu saudoso pai, Desembargador Álvaro Brandão Filho. No momento, o meu pai me apresentava um homem determinado, que alçava a palavra firme, em defesa do que entendia justo, como deve acontecer aos grandes advogados.
Colhi, naquele instante, nos olhos de Neto a admiração pelo Julgador experimentado, e acabei herdando esse carinho, que o tempo me recomendou velar como algo sagrado, como legado intergeracional.

O Procurador Antônio Ribeiro Neto era um homem de ação e de coragem, muitas vezes arrostando dificuldades para provar que o Piauí era uma Terra abençoada e haveria de ser próspero.

Nos últimos anos, recebia eu as fotos de seus empreendimentos no Sul do Estado, no setor agropecuário, com suas mensagens de esperanças numa nova quadra econômica do Estado.

Mas Neto, em razão de sua determinação e de amor à vida, brilhava em diversas áreas. Destacamos a Náutica, onde sempre esteve presente, como palavra última e ponderada.
Diretor do Iate Clube , Neto abraçou essa dimensão da vida e nunca deixou de acompanhar a diversas expedições no Velho Monge.

Certamente, uma parcela das águas desse majestoso Rio representa para a Náutica as lágrimas que descem das serras, chorando em cachoeiras a dor dessa inesperada partida.
Estamos em luto, com os corações dilacerados com esse golpe do Destino, envoltos numa única pergunta: por quê?

O Procurador Antônio Ribeiro Neto foi um dos devotos mais entusiastas da Cavalgada da Missão dos Aroazes, e sua solidariedade se estendeu ao talento da querida filha Jasmine, que cuidou a todo ano de coordenar os espetáculos de teatro realizados nas edições, tudo de modo generoso e voluntário.
Meu amigo Neto, abra esse caminho aos céus com a coragem com que Deus compôs a sua alma.

Levante a espada da paz e siga cantando na mesma toada, sabendo que agora ecoa entre os homens, amigos que ficam banhados nas águas da saudade.

Quando encontrar com meu saudoso pai, diga-lhe que o mundo nos fez amigos e os bons exemplos sempre frutificam.
Nosso abraço na querida família. Rogamos a Deus Todo Poderoso que traga forças a amada e sempre esposa e a toda a próspera família, estruturada na fé, no amor do realizar pelo trabalho.

Vá com Deus, amigo, em paz e com o sentimento de que venceu a carreira e guardou a fé.

Adeus!

Carlos Augusto Pires Brandão e família

 — em Portal Novos Tempos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

E-mail: adautoferreira1958@hotmail.com