14 de julho de 2024

SEIS integrantes da Lava Jato pediram demissão dos cargos que ocupavam

A imagem pode conter: 1 pessoa, terno

Os integrantes do grupo da Lava Jato na PGR acabam de pedir demissão coletiva. Entre os seis procuradores que entregaram seus cargos, está RAQUEL BRANQUINHO, chefe da área criminal.

O Antagonista obteve cópia de mensagem enviada aos membros do Ministério Público em que alegam “grave incompatibilidade de entendimento dos membros” com a “manifestação enviada pela PGR ao STF” na terça-feira, 3 de setembro.

Eles não detalham qual seria a manifestação, que estaria em sigilo.

“Devido mensagem enviada pela PGR ao STF na data de ontem (03.09.2019), decidimos solicitar o nosso desligamento do GT Lava Jato e, no caso de Raquel Branquinho, da SFPO. Enviamos o pedido de desligamento da data de hoje.

Foi um grande prazer e orgulho servir à Instituição ao longo desse período, desempenhando as atividades que desempenhamos. Obrigada pela parceria de todos vocês.
Nosso compromisso será sempre com o Ministério Público e com a sociedade.”

Assinam a mensagem os procuradores Raquel Branquinho, Maria Clara Noleto, Luana Vargas, Hebert Mesquita,Victor Riccely e Alessandro Oliveira.

O ministro da Justiça e Segurança, SÉRGIO MORO, já sinalizou que deseja colocar os agora ex-membros da Lava Jato no Ministério da Justiça e Segurança.

Portal Novos Tempos – Fonte: O Antagonista

 

adauto Ferreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

E-mail: adautoferreira1958@hotmail.com